domingo, 3 de maio de 2015

Depois do e-mail, governo prepara normas de telefonia segura

30/04/2015 ... Convergência Digital

Desde as revelações de espionagem generalizada dos Estados Unidos e que mesmo as comunicações da presidenta Dilma Rousseff – entre outras chefes de Estado – foram violadas, o governo federal sinalizou alguma preocupação em garantir maior segurança à troca de informações na administração.

A partir de então, ganhou maior destaque o aperfeiçoamento da suíte de comunicação desenvolvida pelo Serpro, o Expresso V3, que acabou conhecido como e-mail seguro do governo. Agora, o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República promete avançar para o terreno da telefonia segura. o Expresso ganhou critografia a partir das exigências do Decreto 8.135/13, mas ele trata especificamente de "comunicação de dadaos". 

No início da semana, o GSI baixou uma Portaria (13/2015) criando um grupo de “especialistas em comunicação segura” que reúne representantes dos ministérios da Justiça, Comunicações, Planejamento e Relações Exteriores, além de Exército, Marinha, Aeronáutica, Abin e a Secretaria Geral da Presidência. A coordenação será do Departamento de Segurança da Informação e Comunicações (DSIC), que é parte do próprio GSI.

O que a Portaria em si não detalha, mas o GSI esclarece ao Convergência Digital, é o novo alvo. “O grupo de trabalho de especialistas em comunicação segura (...) focará estudos na proposição de soluções para telefonia segura na administração pública federal”, informa. Ainda segundo o GSI, não há “qualquer sobreposição com o Expresso V3 que continua sendo a ‘ferramenta oficial’ de mensageria do Poder Executivo.

Vale lembrar que embora a Abin já tenha desenvolvido um sistema de criptografia para comunicações telefônicas, chamado Segov, apresentado ao governo ainda naquele 2013 – ano das denúncias do espião Edward Snowden – a própria presidenta Dilma Rousseff não pareceu ter se entusiasmado. O ministro das Comunicações na época, Paulo Bernardo, revelou que “todos os ministérios têm um telefone criptografado, mas a Presidenta nunca me ligou por um desses”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem conta no Google, identifique-se e deixe aqui seu comentário, com críticas, sugestões e/ou questionamentos.