quinta-feira, 14 de maio de 2015

Bittar toma posse na presidência da Telebras e promete ampliar oferta de banda larga

Telebras - 14/05/2015

O novo presidente da Telebras, Jorge Bittar, tomou posse no cargo nesta quinta-feira (14) prometendo ampliar a oferta de serviços da companhia e levar banda larga de qualidade à maioria dos municípios brasileiros.

Para cumprir esse objetivo, a empresa está desenvolvendo projetos estratégicos, como o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), atualmente em construção na França, e o Cabo Submarino Brasil-Europa. Além de ampliar e consolidar a rede de fibra óptica, já presente em todas as regiões do País, para assegurar o atendimento às redes de governo e aos pequenos provedores nas cidades mais distantes.

Bittar pretende dar um ritmo mais dinâmico à empresa, com o objetivo de conquistar mais clientes e rentabilizar melhor a rede, buscando independência financeira para tocar os seus projetos. Entre os novos desafios está o de levar a empresa a participar da revolução na educação promovida pelo governo federal, oferecendo banda larga de qualidade e provendo conteúdo para milhares de escolas brasileiras.

A Telebras também participará do programa Banda Larga para Todos, que a presidente Dilma Rousseff anunciará nos próximos dias e que pretende levar internet com velocidade de 25 Mbps a 95% dos domicílios até 2018.

Bittar disse que a Telebras vai cumprir o seu papel de reduzir a desigualdade tecnológica e contribuir para a construção de um Brasil “mais justo, democrático e solidário”.

A solenidade de posse de Bittar contou com a presença do ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, do senador e ex-ministro da Previdência José Pimentel, dos deputados federais Benedita da Silva (PT-RJ), Givaldo Vieira (PT-ES) e Walter Ihoshi (PSD-SP); do deputado estadual Carlos Minc (PT-RJ), além do presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira; do Serpro, Marcos Mazoni; e da Anatel, João Batista de Rezende. Também estiveram presentes os ex-presidentes da Telebras Rogério Santana e Caio Bonilha.

A transmissão do cargo foi feita pelo ex-presidente da Telebras Francisco Ziober Filho, que agradeceu a confiança do governo no seu trabalho como presidente interino da empresa por mais de um ano e a união da equipe para tornar a empresa cada vez mais competitiva, lembrando o trabalho desenvolvido durante a transmissão dos jogos da Copa das Confederações 2013 e Copa do Mundo 2014.

O ministro Berzoini, por sua vez, também destacou o trabalho da Telebras nas duas Copas, quando foram realizadas transmissões sem nenhuma ocorrência de erro técnico.

Ele lembrou a desigualdade tecnológica existente no País e disse que o governo está empenhando em combater esse problema, por meio do programa Banda Larga para Todos, que será lançado pela presidente Dilma nos próximos dias.

Antes da cerimônia de posse, o ministro Berzoini visitou o NOC da Telebras, acompanhado pelo presidente Bittar e todos os diretores da empresa. O NOC é o centro nevrálgico da Telebras que monitora toda a rede de fibra óptica, atualmente de mais de 21,7 mil km de extensão e presente em todas as regiões brasileiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem conta no Google, identifique-se e deixe aqui seu comentário, com críticas, sugestões e/ou questionamentos.