terça-feira, 13 de agosto de 2013

Visiona escolhe Thales Alenia para fornecer satélite e Arianespace para lançá-lo

Teletime - 12/08/2013

A Telebras informou o mercado por meio de comunicado à Comissão de Valores Mobiliários que o seu conselho de administração referendou a escolha da Visiona, joint-venture entre Embraer (51%) e Telebras (49%), para que a francesa Thales Alenia Space seja fornecedora do artefato satelital e que a Arianespace seja a companhia que lançará o satélite ao espaço.

A Telebras informa que as duas companhias foram selecionadas porque as suas propostas reuniram as melhores condições técnicas e econômicas. A decisão do conselho de administração da Telebras foi submetida ao Grupo Executivo, para deliberação e encaminhamento ao Comitê Diretor do projeto do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC).

De acordo com o Comitê Diretor, a escolha foi aprovada em reunião no dia 6 de agosto. Os critérios para a seleção, que durou 12 meses, foram a solução técnica, cronograma, riscos, condições contratuais, condições de absorção e transferência de tecnologia e custo global do projeto. Além disso, o edital de licitação exigiu a absorção e transferência de tecnologia definidos pelo governo brasileiro.

A joint-venture afirmou que os termos e condições do contrato "serão divulgados oportunamente, quando da sua assinatura". No comunicado, o presidente da Visiona, Nelson Salgado, afirmou que a seleção dos fornecedores cria "condições para que o contrato entre Visiona e Telebras seja assinado e o trabalho de desenvolvimento do sistema possa ser efetivamente iniciado".

A empresa já havia chegado a uma short-list com três nomes: além da Thales, que venceu a concorrência, seguiam no páreo a japonesa Mitsubish e a americana Loral Spaces.

Evento

O presidente da Visiona, Nelson Salgado, falará sobre o presente e o futuro do programa Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) no primeiro dia do Congresso Latino-americano de Satélites, organizado pela Converge Comunicações (que edita este noticiário) nos dias 5 e 6 de setembro, no Rio de Janeiro. O papel do satélite no mercado de banda larga e banda X; modelo privado e modelo Telebrás será debatido também no mesmo dia pelo presidente da Telebras, Caio Bonilha.

O Congresso Latino-americano de Satélites reúne os representantes do Governo e dirigentes do setor para discutir e debater as principais questões que envolvem o mercado satelital. Mais informações pelo site www.convergecom.com.br/eventos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem conta no Google, identifique-se e deixe aqui seu comentário, com críticas, sugestões e/ou questionamentos.