quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Telebras e Eletrosul firmam parceria para avançar o PNBL na região Sul

Telebras - 15/08/2013

A Telebras e a Eletrosul firmaram nesta quinta-feira, dia 15, um acordo de parceria técnico-operacional e comercial com o objetivo de otimizar os investimentos em telecomunicações realizados pelo Governo Federal no Sul do País, visando acelerar o Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) na região.

O acordo foi firmado no gabinete do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, às 15h30, com a presença dos presidentes Caio Bonilha (Telebras) e Eurides Luiz Mescolotto (Eletrosul), além do diretor de Geração da Eletrobras, Valter Luiz Cardeal de Souza.

Pelo acordo, a Telebras utilizará o sistema de comunicação da Eletrosul para levar o PNBL aos municípios da região Sul. A Eletrosul cederá sua infraestrutura de telecomunicações e sua experiência em manutenção e operação de sistemas de telecomunicações, enquanto a Telebras exercerá sua experiência na comercialização dos serviços e no relacionamento com os diversos agentes do mercado.

O acordo proporcionará sinergia de infraestruturas e otimização de recursos de rede para a prestação conjunta de serviços de telecomunicações e diminuição dos custos com equipamentos pela reunião dos ativos da Telebras e da Eletrosul em prol da melhoria das redes de telecomunicações.

A implementação de melhorias no sistema da Eletrosul, em contrapartida à construção de um novo sistema de telecomunicações pela Telebras, propiciará redução de investimentos e considerável ganho de tempo na implementação do PNBL na região Sul do País.

O ministro Paulo Bernardo destacou a importância do acordo entre as duas empresas, afirmando que a otimização das redes da Telebras e da Eletrosul permitirá a chegada de banda larga de qualidade e menor custo aos usuários residentes nos municípios do Sul do País. “Temos que fazer grandes investimentos em redes de fibra óptica e isso não é possível sem a participação do setor elétrico”, destacou o ministro, acrescentando que o acordo entre a Telebras e a Eletrosul é o primeiro de vários outros com as demais empresas do sistema Eletrobras.

O presidente da Telebras, Caio Bonilha, também destacou a importância da integração da estrutura operacional das duas empresas, o que permitirá ganho de escala e aumento da capacidade de investimentos tanto da Telebras quanto da Eletrobras. “Essa sinergia permitirá o aumento da capacidade do backbone das duas empresas na região dos atuais 80 gigabytes para 400 gigas”, informou Bonilha, acrescentando que a Telebras deixará de pagar aluguel à Eletrosul pelo uso da rede e esses recursos será investidos na ampliação do backbone.

Segundo o presidente da Eletrosul, Eurides Luiz Mescolotto, a empresa envidou todos os esforços para concretizar o acordo com a Telebras, para ter “a sinergia necessária para ampliar a rede e atender esse projeto de governo, dando condições de a Telebras levar banda larga de qualidade à população brasileira por meio do PNBL. Isso nos enche de orgulho”, ressaltou, informando que o backbone da Eletrosul tem 4 mil km e interliga todos os três Estados da região Sul, parte de Mato Grosso do Sul e parte de São Paulo.

Também participaram do ato de assinatura do acordo o diretor Comercial da Telebras, Francisco Ziober Filho; o diretor Financeiro da Eletrosul, Antonio Waldir Vituri; o diretor de Engenharia da Eletrosul, Ronaldo dos Santos Custódio; e o gerente de Telemática da Eletrosul, Marcos Ronan Benedetti.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem conta no Google, identifique-se e deixe aqui seu comentário, com críticas, sugestões e/ou questionamentos.