segunda-feira, 8 de julho de 2013

Telebras e Arsat estariam próximas de interconectar suas redes

Insight - Laboratórios de Ideias - 08/07/2013

Segundo o boletim BNAmericas, em publicação do último dia 05, o próximo passo no futuro anel de fibra ótica sul-americano será a interconexão entre as redes da Telebras e da empresa argentina Arsat.

O anel óptico sul-americano

A construção do anel óptico foi estabelecida como uma prioridade pelos ministros das Comunicações dos países sul-americanos. Isso porque a solução vai possibilitar a seus cidadãos uma conexão mais rápida a preços mais baixos.

Atualmente, o caminho percorrido pelos dados numa simples conexão à internet é extenso e caro: se um internauta do Brasil acessa um site do Chile, por exemplo, a conexão segue até um servidor nos Estados Unidos, via cabos submarinos, para, então, voltar ao Chile. Com o anel óptico interligando os países sul-americanos, o tráfego circulará diretamente entre as redes locais.
Em 18/06/2013 foi inaugurado em Santana do Livramento (RS)  o que está sendo chamado de o primeiro caminho digital binacional, a integração das redes de telecomunicações entre o Brasil e Uruguai, o primeiro passo para a implantação efetiva do anel óptico entre os países da América do Sul. A rede comum foi resultado de parceria da Telebras com a Antel, empresa de telecomunicações do país vizinho.

Segundo o  ministro das Comunicações, Paulo  Bernardo,  que  participou  da inauguração, "o caminho está aberto para nos conectarmos com os países vizinhos e assim avançarmos para a grande interligação entre os países da fronteira".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem conta no Google, identifique-se e deixe aqui seu comentário, com críticas, sugestões e/ou questionamentos.