sexta-feira, 5 de julho de 2013

Estado e universidades se unem em programa de incentivo à inovação


Com o objetivo de promover a inovação e a competitividade da cadeia de eletroeletrônica e telecomunicações no Rio Grande do Sul, o Governo do Estado lançou, nesta sexta-feira (5), a Rede InovaCom – Rede de Inovação de Eletrônica e Telecomunicações.

A iniciativa integra o Executivo gaúcho, a academia e a iniciativa privada num ambiente de estímulo à inovação e troca de conhecimentos. O lançamento ocorreu durante o Fórum Internacional do Software Livre (Fisl), no Centro de Eventos da Pucrs, em Porto Alegre.

A empresa âncora da rede é a Telebrás, que irá atuar em parceria com a Pucrs e a Ufrgs, além de órgãos do Governo, como a Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (Agdi), a Secretaria da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico (Scit) e a Procergs.

"Aceitamos esse convite com muita naturalidade porque, na gênese da Telebras, uma das questões mais importantes é a inovação e o desenvolvimento de tecnologia nacional", afirmou o presidente da Telebrás, Caio Bonilha.

Um dos modelos estudados pela InovaCom é a Rede Petro RS, coordenada pela SCIT, que hoje conta com mais de 400 empresas e 100 laboratórios. "Nosso objeto de trabalho é a inovação, o apoio à inovação e a criação de um ambiente propício a isso", disse a secretária-adjunta da SCIT, Ghissia Hauser, na abertura.

Para o doutor em Computação Eric Fabris, representante da Ufrgs, a interação dessas várias entidades deve promover um ambiente propício para a inovação através do conhecimento científico.

O projeto ainda recebe interessados, que podem entrar por meio do site www.redeinovacom.rs.gov.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem conta no Google, identifique-se e deixe aqui seu comentário, com críticas, sugestões e/ou questionamentos.