quinta-feira, 11 de abril de 2013

Rede 4G compatível com celulares estrangeiros não estará pronta até a Copa

Estadão - 11/04/2013

Os turistas estrangeiros que visitarão o Brasil na Copa do Mundo de 2014 terão de usar a conexão 3G (mais lenta que o 4G) ou comprar chips que funcionam com a tecnologia 4G local, segundo o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende, em entrevista à Reuters.

Isso porque a tecnologia 4G compatível com celulares europeus e norte-americanos (da faixa de 700 Mhz) não estará disponível até a Copa do Mundo de 2014, de acordo com Rezende. O leilão de 700 Mhz está previsto somente para o início de 2014.

O 4G é um tipo de conexão sem fio à internet de alta velocidade, sucessora da 3G.

“As pessoas vão acabar comprando um chip aqui. Exceto pelas transmissões de empresas, o consumidor comum vai evitar o roaming. A barreira não é tecnológica, é financeira”, disse Rezende à Reuters.

Atualmente, as operadoras brasileiras trabalham para disponibilizar o 4G na faixa de 2,5 Ghz nas cidades-sede da Copa das Confederações até 30 de abril. O leilão de 2,5 Ghz foi realizado em junho passado.

A instalação do espectro de 700 Mhz exige um menor número de antenas para oferecer a mesma cobertura da faixa de 2,5 Ghz, no entanto, atualmente a faixa ainda não está completamente desocupada, pois é usada para transmissões da TV aberta.

Fifa
A situação do 4G preocupa a Fifa sobre a organização da Copa do Mundo, segundo a Reuters. Na quarta-feira, o porta-voz da Fifa, Walter de Gregorio, disse que a disponibilidade da infraestrutura de telecomunicações está entre as maiores preocupações da entidade sobre 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem conta no Google, identifique-se e deixe aqui seu comentário, com críticas, sugestões e/ou questionamentos.