sexta-feira, 20 de julho de 2012

Telebras anuncia banda larga para pequenas e médias empresas

Valor Econômico - 19/07/2012

RIO - A estatal Telebras anunciou nesta quinta-feira lançamento de plano de fornecimento de Internet banda larga específico para pequenas e médias empresas de 147 municípios brasileiros. A empresa discutirá nas próximas semanas com cerca de 800 provedores o fornecimento de um plano de 15 megabytes a preço inferior ao oferecido pelo mercado, de acordo com cálculos da estatal.

O objetivo, de acordo com a Telebras, é fazer com que o setor privado acompanhe redução de preços, como ocorreu no caso do Plano Nacional de Banda Larga, que tinha como alvo os clientes pessoa física. Os municípios que serão contemplados no lançamento são “precariamente” atendidos pelo setor privado, de acordo com análise da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). Estudo da Firjan sobre o tema aponta que “o serviço oferecido no país ao setor empresarial é caro, lento e pouco abrangente em termos geográficos”. A estatal não listou os municípios onde prestará o serviço, apenas afirmou que mais de 80 estão em São Paulo.

O plano anunciado nesta quinta-feira é fruto de uma proposta apresentada pela Firjan ao Ministério das Comunicações em março do ano passado, na qual sugeriu que o Plano Nacional de Banda Larga contemplasse o Pacote Empresarial Essencial, específico para empresas.

Segundo o presidente da Telebras, Caio Bonilha, o projeto anunciado hoje atingirá um universo de 260 mil empresas, especialmente no eixo Rio-São Paulo, representando 50% do setor empresarial brasileiro.

“Vamos dar sequência a esse trabalho de levar a banda larga ao setor produtivo. A presidente Dilma Rousseff considera essencial o apoio da Telebras, como responsável pela infraestrutura do sistema de telecomunicações”, declarou.

A previsão é que em 2012 a Telebras invista R$ 400 milhões em ampliação de rede de infraestrutura, número que deve chegar a R$ 1 bilhão em 2013. No ano passado, a empresa investiu R$ 80 milhões.

“Esse aumento dos investimentos vai ao encontro do objetivo do governo federal de acelerar economia brasileira”, declarou Bonilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem conta no Google, identifique-se e deixe aqui seu comentário, com críticas, sugestões e/ou questionamentos.