quarta-feira, 4 de julho de 2012

Cabos submarinos: Telebras fecha acordo com prefeitura de Fortaleza

Convergência Digital :: 04/07/2012

A Telebras e a prefeitura de Fortaleza-CE firmaram nesta quarta-feira, 4/7, um acordo de cooperação para o uso de infraestruturas mútuas – e que tem como um dos objetivos facilitar a disponibilização de um terreno onde a estatal fará o aterramento dos cabos submarinos internacionais.

“Tratamos do atendimento para a Copa do Mundo e também das necessidades da prefeitura. É um acordo amplo, que inclui uma localização para o aterramento, visto que Fortaleza é o ponto de chegada e saída dos cabos submarinos”, explicou o presidente da Telebras, Caio Bonilha, após a reunião no Ministério das Comunicações.

Segundo o coordenador de TI da prefeitura de Fortaleza, Cristiano Therrien, já foram identificados terrenos possíveis de serem utilizados pela Telebras na Praia do Futuro. “Há uma troca de facilidades que inclui a oferta de banda para atender as necessidades da prefeitura”, adianta.

A administração municipal já conta com 23 órgãos interligados, mas o objetivo é chegar a 60. A ideia é utilizar a infraestrutura disponibilizada à Telebras pelo acerto com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), que viabiliza o uso da Rede Comep – fibras metropolitanas existentes praticamente todas todas as capitais do país.

O acordo também é interessante à capital do Ceará pois a instalação dos cabos submarinos deve levar a estatal a instalar uma estrutura própria na cidade, visto que ali também devem ficar novos datacenters por conta das conexões internacionais.


Telebras e prefeitura de Fortaleza acertam parceria por Copa e cabos submarinos


Tele.Síntese - 04/07/2012

Acordo prevê cessão de banda pela estatal que, em troca, usará a rede do município e ainda terá terreno para aterragem dos cabos.

A Telebras vai ceder banda à rede municipal de Fortaleza para atender as necessidades da cidade na Copa do Mundo de 2014 e atender aos programas de inclusão digital. Em troca, a estatal poderá usar a rede de fibras ópticas e WiMAX da prefeitura – a GigaFor – e ainda receberá um terreno na Praia do Futuro para instalações da companhia.

O acordo de cooperação técnica foi assinado nesta quarta-feira (4), pela prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT) e o presidente da Telebras, Caio Bonilha, no gabinete do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

Para Bonilha, o acordo é vantajoso para as duas partes já que a estatal necessitará de espaço físico para aterragem dos cabos submarinos que serão contratados , que terão em Fortaleza os pontos de partida e de chegada. “É possível que instalemos na cidade uma regional da Telebras e um data center internacional para atender as demandas dos cabos submarinos”, disse.

A prefeitura, por sua vez, dependerá de mais banda para ampliar suas ações na área de inclusão digital. “Hoje, 270 escolas municipais da cidade já contam com laboratórios de informática e já interligamos 23 órgãos públicos com fibras ópticas”, disse o coordenador de TI de Fortaleza, Cristiano Therrien. A meta, afirmou, é levar a rede de fibras ópticas para um total de 60 órgãos municipais.

A Telebras vai contratar cinco cabos ópticos submarinos ligando Brasil, Estados Unidos, África e Cone Sul, totalizando 24 mil quilômetros. O custo total estimado é de R$ 1,8 bilhão, e com início de operação previsto para 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem conta no Google, identifique-se e deixe aqui seu comentário, com críticas, sugestões e/ou questionamentos.