quinta-feira, 19 de julho de 2012

Bonilha elogia pacote de banda larga para a indústria

Agência Estado - 19/07/2012

A criação de um produto específico de internet banda larga para indústrias pela Telebras foi classificada pelo presidente da empresa, Caio Bonilha, como uma das medidas do governo federal de incentivo ao setor produtivo e, consequentemente, à economia. Como parte do Plano Nacional de Banda Larga, o Pacote Empresarial Essencial oferecerá banda larga com velocidade de 15 megabits por segundo (Mbps) de tráfego para download, com garantia de banda mínima de 20% em relação à velocidade de download contratada.

"Onde o setor privado está atendendo não é prioridade investir. Neste caso, o objetivo da Telebras é levar banda larga a regiões onde sequer há a disponibilidade do serviço", afirmou Bonilha, citando o município paulista de Araçatuba, onde a Petrobras está instalando uma unidade operacional e que que não possui acesso à banda larga.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, entregou nesta quinta-feira ao presidente da Telebras uma lista de 147 municípios brasileiros onde será necessário a prestação do serviço. Deste total, 51 são do Estado de São Paulo e 15, do Rio de Janeiro. Em todo o País, deverão ser beneficiadas 260 mil indústrias. A prestação do serviço é uma reivindicação conjunta da Firjan e da Federação da Indústria de São Paulo (Fiesp), que reclamam do custo e da qualidade do acesso à internet para empresas no Brasil.

A tarifa a ser cobrada ao consumidor ainda dependerá da negociação da Telebras com associações de empresas provedoras de internet, estas sim fornecedoras do serviço para o cliente final. Bonilha informou que uma série de reuniões estão agendadas para discutir preços mínimos e máximos a serem cobrados pelo acesso à banda larga. "A experiência nos mostrou que a atuação da Telebras vem induzindo o setor a reduzir preços", afirmou o executivo, após participar de reunião com o presidente da Firjan.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem conta no Google, identifique-se e deixe aqui seu comentário, com críticas, sugestões e/ou questionamentos.