quarta-feira, 16 de maio de 2012

PBH firma parceria com Telebras para integrar redes de telecomunicações 


A Prefeitura de Belo Horizonte, a Prodabel e a Telebras assinaram nesta quarta-feira, dia 16, na sede da PBH, no Centro, uma parceria na área de telecomunicações que vai viabilizar o atendimento do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) na capital, bem como o suporte à infraestrutura de telecomunicações para a Copa das Confederações de 2013 e para a Copa do Mundo de 2014. 

Os três órgãos já haviam firmado um termo de cooperação técnica em junho do ano passado, com duração de um ano, visando à cooperação, o intercâmbio de conhecimento técnico e a troca de informações entre os participantes. O novo acordo, além da prorrogação do Termo de Cooperação Técnica por mais 10 anos, inclui um plano de trabalho que define o projeto de integração da rede de telecomunicações em fibra óptica da Prodabel com a rede da Telebrás, de forma a atender as demandas governamentais. 

A parceria foi assinada pelo prefeito Marcio Lacerda, pelo diretor-presidente da Prodabel, Paulo de Moura Ramos, e pelo presidente da Telebras, Caio Bonilha.

O plano de trabalho estabelecido deve ser executado até dezembro deste ano e contempla a implantação de 63 quilômetros de rede óptica, com diversos objetivos, como o atendimento ao PNBL do Governo Federal, a garantia de conexão nos prédios oficiais da Copa das Confederações de 2013 e da Copa do Mundo de 2014 e a implantação de anéis de redundância óptica para atendimento aos órgãos da PBH, aumentando a confiabilidade e a disponibilidade da conexão. Dessa maneira, será possível, em médio prazo, oferecer uma melhor conexão em escolas municipais, centros de saúde, telecentros, além de reduzir o custo de acesso à internet por meio da troca de tráfego entre a Prodabel e a Telebras. Caio Bonilha destacou a importância da parceria firmada. “Com a assinatura desse acordo, vamos trabalhar a muitas mãos para incluir Belo Horizonte no Programa Nacional de Banda Larga e integrar a capital mineira à rede da Telebras, que é uma rede nacional, atingindo o Brasil de Norte a Sul”, disse.

O prefeito Marcio Lacerda ressaltou os investimentos da PBH na área de telecomunicações e falou sobre os benefícios da nova parceria. “A Prefeitura de Belo Horizonte há muitos anos investe em rede de comunicação de dados e em inclusão digital. Essa parceria veio em boa hora, porque a rede que será ampliada e integrada à rede nacional será também de uso da Prefeitura e da Prodabel. É uma parceria de construção e operação de rede de comunicação de dados que vai beneficiar muito a cidade de Belo Horizonte”, destacou. Paulo Moura reforçou os benefícios que serão gerados pelo acordo. “A rede será uma infraestrutura fundamental para o trabalho que a Prodabel presta para Belo Horizonte e para os cidadãos. Uma coisa fundamental hoje em termos de dados é ter um canal aberto de transmissão. Essa parceria vai nos permitir isso”, disse.

Programa de Banda Larga
O Programa Nacional de Banda Larga tem o objetivo de fomentar e difundir o uso e o fornecimento de bens e serviços de tecnologias de informação e comunicação, de modo a massificar o acesso a serviços de conexão à internet em banda larga, acelerar o desenvolvimento social e econômico e reduzir desigualdades social e regional. Além disso, as ações visam facilitar o uso dos serviços do poder público pelo cidadão e aumentar a autonomia tecnológica e a competitividade brasileira.

Um comentário:

  1. Dá gosto ouvir a Dilma falar de inclusão digital e nem citar roraima! kkkkkkkkk aeee!!!!

    ResponderExcluir

Se você tem conta no Google, identifique-se e deixe aqui seu comentário, com críticas, sugestões e/ou questionamentos.