segunda-feira, 21 de maio de 2012

Eletrosul conclui rede para que PNBL possa chegar ao Sul do país

Reuters - 21/05/2012

SÃO PAULO, 21 Mai (Reuters) - A Eletrosul concluiu a implantação do sistema de comunicação óptica de alta capacidade (DWDM) que permitirá à Telebras levar internet de baixo custo à região Sul do país dentro do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL).

São dois canais de alta capacidade, que somam 20 gigabits por segundo (Gbps) a serem utilizados pela Telebras, em um sistema que sai de Araraquara (SP) e passa pelo Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, informou a Eletrosul, empresa do grupo Eletrobras, nesta segunda-feira.

A Eletrosul ainda disponibilizou à Telebras um par de fibras ópticas apagadas, de Gravataí (RS) a Curitiba (PR), que atenderá o litoral dos três estados.

A Telebras tem autorização para iniciar as obras civis nas subestações de Curitiba, Joinville, Blumenau e Itajaí, necessárias para a instalação dos equipamentos eletrônicos. A expectativa é de que a rota litorânea do PNBL esteja em operação até o mês de agosto, segundo informações do presidente da Telebras, Caio Bonilha, divulgadas pela Eletrosul.

A Eletrosul e a Telebras assinaram o acordo de cooperação técnica para o uso recíproco de serviços e a integração de infraestruturas de telecomunicações em novembro passado.

A cooperação permitirá à Telebras implantar o PNBL no Sul e à Eletrosul complementar a estrutura de transmissão de dados essencial para o monitoramento, controle e proteção das unidades de geração e transmissão de energia.

Um aditivo ao acordo estendeu a participação da Eletrosul para o Mato Grosso do Sul, sendo que já está sendo implantada pela Eletrosul a rede de fibras ópticas que ligará a capital Campo Grande aos municípios paulistas de Bauru, Lins e Araçatuba.

"A troca de capacidade entre as empresas é extremamente positiva e nos permite dar agilidade à integração do nosso sistema de telecomunicações, conectando empreendimentos importantes, com custos reduzidos. Além desses benefícios, estamos contribuindo para agilizar o atendimento à sociedade com a internet banda larga", disse o presidente da Eletrosul, Eurides Mescolotto, em nota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você tem conta no Google, identifique-se e deixe aqui seu comentário, com críticas, sugestões e/ou questionamentos.